segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

PRIMEIRA CARTA PARA MEU FILHO(A)



Hoje quero compartilhar com vocês a primeira carta que escrevi para minha filha Valentina, desde que descobri que estava grávida, vários sentimentos tomaram conta da minha vida e foi escrevendo que eu encontrei uma forma de eterniza-los, não quero, de forma alguma que as cartas se tornem uma obrigação, mas sempre que sentir que é a hora, dedicarei um tempo para escrever com muito amor para minha pequena. 



Primeira carta para meu filho (a).


Querido (a) filho (a) ainda não sei o seu sexo e sequer sinto você se mexer dentro de mim, não sinto enjoos e nenhuma dorzinha diferente da minha já costumeira dor de cabeça, pra você ter uma ideia, quando descobri que estava te carregando em meu ventre , você já estava com 7 semanas e 3 dias, aproximadamente 2 meses.  Não vou negar, fiquei um pouco assustada com o resultado do teste de farmácia, e mais assustada ainda com o resultado do exame de sangue, mas não se engane, isso não quer dizer que você não tenha sido extremamente planejado e desejado pelos seus pais, demorei 3 dias para contar para o seu pai a novidade e para ele foi difícil conter a emoção, não tenho duvidas que ele será um pai maravilhoso e completamente babão, exatamente no dia em que contei ao seu pai, sua irmãzinha de 4 patas, Sophia não conteve o ciúmes e nos deu um baita susto quebrando a patinha, espero que vocês sejam grandes amigos (as) e que você descubra desde cedo esse amor incondicional pelos animais.



Peço a Deus todos os dias para que você venha com muita saúde, e que seja um ser humano de bom coração, que se preocupe com ou outros, sem se esquecer de você, que ame seus pais assim como nos te amamos, que seja amigo inseparável de Deus, pois só com Ele podemos ter esperanças de um futuro melhor, que você saiba respeitar e admirar as diferenças, já te adianto que ninguém é igual a ninguém, e é exatamente isso que torna a vida ainda mais incrível, que você não queira se tornar um politico, mas se o fizer que seja honesto e comprometido com o povo, que respeite os mais velhos e seus professores, você não faz ideia de como essas duas coisas andam em desuso no Brasil.



Ainda não consigo imaginar como você será fisicamente, se puxara mais os traços da mamãe ou do papai, mas me pego pensando se você gostara de esportes assim como eu, ou do mundo dos games como seu pai, se será apaixonado(a) por series e/ou livros, se seu gosto musical será rock ou música clássica, mas quer saber? Independente das suas escolhas saiba que sempre te amaremos incondicionalmente.



Enfim, não se assuste com todas as neuras e insegurança da mamãe e do papai, faremos o que estiver ao nosso alcance para que você seja extremamente feliz!
 


Com amor,

Mamãe


GOSTOU? COMPARTILHE POR AÍ!

16 comentários:

  1. Que post mais lindo, me emocionei, lindo demais! Expressa exatamente o que sentimos quando estamos grávidas!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post, principalmente pq vc fez eu me emocionar com tanto amor

    ResponderExcluir
  3. Calma ai que caiu um cisco no olho. Amei, amei seu texto e conforme ia lendo, pude sentir cada sentimento de amor depositado nas suas palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Gabriella, realmente foi escrito com muito amor!

      Excluir
  4. Meus olhos encheram de lagrimas lendo! Compartilhei com a minha mãe e a emoção foi a mesma! Acho tão lindo esse sentimento, o sentimento de se estar gerando alguém, alguém que é fruto do amor..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Gabrieli que legal que você e sua mão gostaram, fiquei muito feliz por isso.

      Excluir
  5. Que amor gente, não consigo lidar com essa coisa linda. Que seu filho seja um ser iluminado, cheio de luz e que sejam muito felizes, que Deus ilumine a caminhada de vocês e proteja seu anjinho.

    Beijos.
    https://spkyjmchrstms.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que carta mais maravilhosa! Fiquei muito emocionada, com certeza a Valentina e uma menina de sorte 👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  7. Que carta linda! Foi super emocionante ler essa carta! Valentina terá uma mãe e tanto! Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cah, espero que a Valentina goste da cartinha também.
      Abraços

      Excluir
  8. Oi Tammy, tudo bem? Quanto amor num único post. Imagino que deve ter sido uma experiência incrível transmitir tantos sentimentos numa carta. Com certeza ela gostará muito do papai e da mamãe. Tudo de bom pra vocês, família linda. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  9. Que lindo! Essa ideia é boa para quem tem pequenos, mas nossa, amei como vc escreveu! Transbordou amor!

    ResponderExcluir